Gestão de Produtos: qual sua importância e como está esse mercado?

gestão de produtos

Gestão de Produtos: qual sua importância e como está esse mercado?

Com um mercado cada vez mais competitivo, é papel das empresas conhecer profundamente o desejo de seus clientes e entregar aquilo que de fato satisfaça as necessidades do público. Dessa forma, uma Gestão de Produtos eficaz pode ser fundamental para o crescimento da sua organização.

Nesse processo, torna-se cada vez mais fundamental a figura do Gestor de Produtos — que deve auxiliar a empresa a tomar sempre as melhores decisões. Um profissional capacitado desenvolve ações não só na elaboração do produto, mas também passa a ser responsável pelo seu desenvolvimento e as estratégias de marketing que serão adotadas.

Se o conceito sobre Gestão de Produtos ainda não está totalmente claro, continue lendo este artigo para ter uma noção de sua importância na estrutura de gerenciamento e por que ela é essencial para cada organização!

Ajuda a empresa a atingir metas

O Gerente de Produtos dentro da empresa tem a função de ajudar a atingir as metas do negócio por meio da gestão correta da performance do produto. Ele precisa ser especializado em descobrir quais as necessidades da empresa, conhecer oportunidades, além de fazer o Planejamento Estratégico de Produtos e entender profundamente o Plano de Marketing.

Nos dias atuais, o Gerente de Produtos está cada vez mais parecido com um Mini-CEO. Há alguns anos, os profissionais eram focados na execução propriamente dita, mas agora o foco envolve todo o desenvolvimento do produto, da sua concepção à entrega ao cliente.

Orienta a empresa sobre como investir seus recursos

Uma Gestão de Produtos eficaz precisa estar diretamente ligada ao que seus clientes necessitam. Com o auxílio de pesquisas de mercado, o gestor ajuda a empresa a investir os recursos para fornecer produtos cada vez mais competitivos. Esse diferencial no perfil do gerente mostra a habilidade de não só acompanhar o desenvolvimento de um produto, mas estar atento a execução da sua estratégia.

Um bom Gerente de Produtos também auxilia a empresa na leitura de dados internos e externos, usando-os para a tomada de decisões. Como os gerentes costumam estar mais próximos dessas informações, eles acabam assumindo um papel mais amplo nas decisões e orientações. Isso permite ainda que o sucesso do produto possa ser medido com um conjunto amplo de métricas, que envolve engajamento, retenção, conversão, etc.

Busca reduzir custos e aumentar a receita

A partir do acompanhamento do desenvolvimento do produto, o profissional orienta a organização a buscar caminhos que reduzam os custos e que aumentem sua receita. Para isso, deve-se ter como base os dados e métricas levantadas pela empresa. No dia a dia da organização, a Gestão de Produtos deve ter como tarefa a análise dos dados, além de propor e otimizar ações que buscam alavancar as vendas e atingir os resultados.

A tendência para os próximos anos é que o profissional responsável pela Gestão de Produtos passe a ter uma função cada vez mais estratégica dentro das empresas, com maior poder de influência nas decisões e desenvolvimento de estratégias para o fortalecimento da marca.

De forma geral, o gestor vem ganhando cada vez mais espaço no mercado profissional, que passa a exigir pessoas mais preparadas para as funções que envolvem a Gestão dos Produtos. O papel do gestor deixa de estar ligado apenas ao desenvolvimento dos produtos e passa a desempenhar funções preponderantes para o futuro da organização.

A Gestão de Produtos é um mercado que exige profissionais dedicados, com conhecimento técnico e do negócio, capacidade de negociação e comunicação para analisar dados e tomar decisões. O que você pensa sobre esse mercado? Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *